sexta-feira, 21 de maio de 2010

Como são os microorganismos ?

BACTÉRIAS: São seres unicelulares, procarióticos e microscópicos, que podem viver em qualquer ambiente. A maioria das bactérias aquáticas não ultrapassa 1 micrômetro (µm), embora algumas delas possam medir vários micrômetros. Para você imaginar qual é o tamanho de um micrômetro, pegue uma régua e olhe quanto mede um milímetro; agora, imagine este um milímetro dividido por mil. Pois é, cada uma das divisões resultantes mede um micrômetro. As bactérias recebem nomes especiais, de acordo com suas diferentes formas. Se o formato é esférico, são chamadas cocos. Estes podem estar isolados ou viver em grupos. Se tem forma de bastonete, são chamadas de bacilos. Se a forma for de espiral, chama-se espirilo. Caso a bactéria se assemelhe a uma vírgula, denomina-se vibrião. Quanto à respiração, as bactérias podem ser aeróbias ou anaeróbias. Chamam-se aeróbias as que fazem uso do oxigênio. As anaeróbias vivem na ausência desse gás, e são encontradas principalmente no sedimento (fundo) de ambientes aquáticos. Quanto à nutrição, as bactérias obtêm seu alimento de matéria orgânica morta, animal ou vegetal, e são chamadas de saprófitas. Há espécies de bactérias que produzem o seu próprio alimento, o que pode ser feito por fotossíntese ou quimiossíntese. Até os anos 80 já haviam sido descritas cerca de 2020 espécies.

PROTOZOÁRIOS: São protistas unicelulares e eucarióticos, que ocorrem como células isoladas ou em colônias de células, e apresentam dimensões predominantemente microscópicas (4µm a 350µm). Os protozoários podem ser dividos em quatro grupos: ciliados , amebas (ou sarcodina), flagelados (ou mastigóforos) e esporozoários (protozoários parasitas). A maioria deles é desprovida de clorofila, embora alguns apresentem algas simbiontes, como é o caso de Paramecium bursaria. Assim como as bactérias, os protozoários podem ser aeróbios ou anaeróbios, exibir vida livre ou associar-se a outros organismos. A locomoção é um critério muito importante na diferenciação dos grupos de protozoários. Estes podem se locomover por meio de pseudópodos, flagelos e cílios. Os protozoários se reproduzem assexuada e sexuadamente.

FUNGOS: São organismos eucariontes, podendo ser unicelulares ou pluricelulares. Os fungos unicelulares são chamados de leveduras, apresentam forma oval e são maiores que as bactérias. São heterotróficos e apresentam reprodução assexuada ou sexuada. A maioria dos fungos obtém seu alimento decompondo a matéria orgânica do corpo de organismos vegetais e animais mortos, sendo chamados de saprófitos. Podem ser parasitas, ou seja, vivem à custa de outro ser vivo, prejudicando-o ou podendo até matá-lo; podem estar associados a outros seres e ambos se beneficiam, sendo a relação chamada de mutualismo. Nos ambientes aquáticos são encontrados os Hyphomycetes, importantes na decomposição do material vegetal morto, e geralmente presentes em folhas e ramos de árvores que caem na água. Já foram descritas cerca de 10.000 espécies.

ALGAS: São organismos eucariontes fotossintetizantes. Apresentam grande variedade de formas e se reproduz assexuada ou sexuadamente. As algas consideradas dentro da microbiologia são as unicelulares. As algas são abundantes tanto em águas doces quanto em águas salgadas. Como organismos fotoautotróficos são encontrados na zona eufótica (com incidência de luz) dos corpos de água. As algas são classificadas de acordo com a sua estrutura e seus pigmentos. As algas são muito importantes na cadeia alimentar aquática, pois produzem oxigênio (O2) e carboidratos, a partir de dióxido de carbono (CO2), que são utilizados por outros organismos da cadeia trófica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário